SEGURA CONTABILIDADE

SEGURA CONTABILIDADE

Carga tributária em construções: 4 dicas para reduzir!

Veja 4 maneiras de reduzir a carga tributária em construções

O pagamento excessivo de impostos é um dos principais motivos para prejuízos financeiros. Saiba como reduzir a carga tributária em sua construção!

Os impactos da carga tributária são determinantes para os lucros de uma empresa na construção civil.

Além disso, podem ser significativos para os resultados obtidos. Afinal, pode resultar em gasto excessivo de recursos que, teoricamente, estão separados para investimentos.

Neste artigo, apresentaremos os detalhes sobre o que é, qual o real impacto e exemplos de carga tributária sobre o setor da construção civil.

Acompanhe a leitura para entender mais sobre o tema!

Leia também:

O que é a carga tributária?

A relação entre o total de tributos pagos por uma pessoa ou empresa e sua renda ou faturamento denomina-se carga tributária.

Ou seja, trata-se da porcentagem do seu ganho que está destinado ao governo na forma de impostos, taxas ou contribuições.

Essa carga tributária pode ser compreendida a partir da consideração de todos os tributos pagos ao longo do ano, ou de forma específica, na qual são considerados apenas os tributos relacionados a uma determinada atividade ou operação.

Quais os principais exemplos de carga tributária?

Os tributos que compõem a carga incidente sobre o setor da construção civil podem variar conforme regime tributário, tipo de obra e local de execução.

Além disso, é preciso considerar o cliente e seu contratante.

Alguns dos principais impostos desse setor são:

  • IRPJ e CSLL: tributos federais incidentes sobre o lucro das empresas de construção civil, cujas alíquotas podem variar de 15% a 34%;
  • PIS e COFINS: tributos federais incidentes sobre o faturamento das empresas, com alíquotas que variam de 0,65% a 9,25%;
  • ISS: tributo municipal que incide sobre o valor dos serviços prestados pela sua empresa de construção civil, com alíquotas variantes de 2% a 5%;
  • ICMS: tributo estadual incidente sobre o valor das mercadorias e serviços utilizados em suas obras, cujas alíquotas podem variar de 7% a 25%;
  • IPTU: tributo municipal incidente sobre o valor dos imóveis urbanos, com alíquotas variando de  0,2% a 3%, dependendo do município e do tipo de imóvel;
  • ITBI: tributo municipal que incide sobre o valor da transmissão de imóveis urbanos, com alíquotas variando de 2% a 6%;
  • CPP: tributo federal que incide sobre a folha de pagamento das empresas de construção civil, com alíquotas que podem variar de 20% a 22,5%;
  • FGTS: tributo federal incidente sobre a remuneração dos trabalhadores da construção civil, com alíquota de 8%, além de uma contribuição adicional de 0,5% para o Programa de Integração Social (PIS).

Além disso, existe o IRRF, que é um tributo federal com incidência sobre os rendimentos pagos ou creditados pela empresa.

Suas alíquotas podem variar de 1,5% a 27,5%.

4 passos para reduzir a carga tributária em sua empresa de construção civil

A redução da carga tributária de maneira correta em sua empresa de construção civil requer planejamento, gestão e conhecimento das normas e oportunidades fiscais.

Mas, afinal, você sabe quais os passos mais seguros para esse procedimento? Se sua resposta for não, fique tranquilo!

Abaixo, apresentamos quatro das ações necessárias:

  1. Defina o regime tributário mais adequado para sua empresa de construção civil.
  2. Aproveite os benefícios fiscais disponíveis para seu segmento.
  3. Controle e registre corretamente as operações e documentos fiscais.
  4. Revise frequentemente a situação fiscal da sua empresa.

Além disso, é crucial contar com o apoio de contadores especializados na área da construção civil.

Isso porque eles podem ajudar com orientações seguras, devido à vasta experiência.

Por que ter uma contabilidade especializada em sua área?

Pudemos perceber que a carga tributária é um dos fatores que mais causam impactos no custo e renda de um empreendimento. Estou certo?

E isso não se torna diferente na área da construção civil…

Dessa maneira, compreender o seu conceito, importância, os principais tributos do setor, bem como algumas etapas importantes para reduzir os seus efeitos, é fundamental.

Diante desse cenário, é determinante contar com o apoio de profissionais qualificados, e uma contabilidade para construção civil é uma das principais opções.

Isso porque os especialistas possuem vasta expertise e conhecimento sobre a legislação vigente em sua área, oferecendo orientações e auxílio adequado na gestão tributária do seu empreendimento.

Nós, da Segura Contabilidade, podemos te ajudar com tudo o que é necessário, otimizando seu desempenho financeiro e fiscal, bem como aumentando seus lucros e competitividade no mercado.

Como a Segura Contabilidade pode ajudar a sua empresa de construção civil?

Estamos há mais de 35 anos no mercado contábil, identificando oportunidades e soluções efetivas, para tornar a gestão de nossos clientes mais seguras.

Afinal, sabemos que a contabilidade vai além de cuidar apenas de números. Não é mesmo?

Buscamos compreender as particularidades de cada segmento, visando organizar contribuir com as melhores oportunidades para crescimento sustentável.

Contamos com um time altamente capacitado e cheio de especialistas, nas mais diversas áreas, prontos para garantir orientações e informações precisas.

Dessa forma, poderá tomar as melhores oportunidades para o seu sucesso.

Portanto, fale com nossa equipe e veja como podemos te ajudar!

Quero falar com os especialistas da Segura Contabilidade!

5/5 - (1 vote)

Compartilhe esta postagem

Recomendado só para você
Qual o CNAE correto para agências de marketing? Saiba a…
Cresta Posts Box by CP
× Fale agora com um consultor!