Igreja precisa de contador? Não, mas quando tem um é uma bênção!

Será que Contabilidade para igrejas é algo necessário? No Brasil, as capelas, templos, santuários e outras instituições protestantes, católicas, islâmicas e/ou de outras religiões devem registrar suas movimentações financeiras e transmiti-las aos órgãos governamentais? Os líderes religiosos podem receber salário?

Certamente, as respostas destas e de outras questões equivalentes são um mistério para muitos novatos e até para algumas pessoas que já atuam há muito tempo no setor. Se você é uma delas, então reserve 5 minutos para ver o vídeo a seguir e ler este artigo, e assim ficar por dentro de tudo.

Contabilidade para igrejas: impostos

Igrejas devem pagar impostos? Essa é a primeira grande questão do ramo. Há quem acredite que sim.

De fato, as instituições religiosas, seja qual for a fé que professam, não precisam pagar impostos no Brasil. Esse direito é assegurado sobretudo pelos documentos da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 e do Sistema Tributário Nacional de 1966.

Mas e a contabilidade deste setor? Ela pode ser dispensada?

Contabilidade para igrejas: o registro financeiro

O fato de as igrejas serem imunes a impostos não significa que não devam organizar suas finanças e prestar contas aos órgãos governamentais. Contudo, não são raros os líderes religiosos que caem na tentação de achar que a contabilidade para igrejas é algo que não precisa ser feito. É um grande engano.

De acordo com o Código Civil brasileiro, as organizações religiosas são consideradas “pessoas jurídicas de direito privado”. Sendo assim, elas ficam submetidas ao Regulamento de Imposto de Renda nacional, com todos os benefícios e também com as punições que este prescreve.

Este regulamento estabelece, entre outras coisas, a necessidade não apenas do registro das atividades financeiras desse tipo de pessoa jurídica, mas também da declaração de suas atividades aos órgãos governamentais competentes. Daí a importância da contabilidade.

Principais atividades de uma contabilidade para igrejas

Basicamente, um escritório de contabilidade para igrejas pode prestar os seguintes serviços para líderes religiosos(as) como você:

• Assessoria na criação de atas e estatutos de fundação e de alterações

• Registro na Receita Federal

• Solicitação de alvará de funcionamento

• Solicitação de alvarás de segurança, como os gerados por bombeiros

• Escrituração Contábil Fiscal

• Escrituração Contábil Digital

• Organização de fluxos e processos contábeis

• Emissão de relatórios contábeis

• Consultoria normativa do setor

• Consultoria contábil

• Consultoria fiscal

• EFD Contribuições

• Outras obrigações acessórias

• Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF)

• Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte (DIRF)

• Sistema Empresa de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social (SEFIP)

• Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED)

• Cálculos em geral

Enfim, escritórios como o da Segura Contabilidade fornecem o Outsourcing Contábil para igrejas, que é um pacote de serviços fundamental para o registro e declaração das movimentações financeiras de instituições religiosas como sua. Vale a pena conhecer!

Contabilidade para igrejas e o salário dos líderes religiosos

Líderes religiosos não só podem como recebem pagamento, o que é chamado de prebenda ou renda eclesiástica entre as pastoras e pastores evangélicos e côngrua pelos padres e líderes da Igreja Católica Apostólica Romana.

Uma vez, então, que esse pagamento é feito, ele deve ser contabilizado formalmente e, portanto, deve constar nos registros e nas emissões de documentos realizadas pela sua igreja aos órgãos governamentais. Neste contexto, um erro pode causar muitos transtornos à sua instituição, aos seus líderes e indiretamente aos fiéis.

Conte com um bom serviço de contabilidade para igrejas e evite transtornos que poderão atingir você e seus fiéis.

Conte com um bom serviço de contabilidade para igrejas e evite transtornos que poderão atingir você e seus fiéis.

Benefícios de contar com serviços de contabilidade para igrejas

Os líderes religiosos que optam por serviço de contabilidade para igrejas obtêm muitos benefícios, tais como:

• Evitar a perda da imunidade de impostos devido a prestação de contas realizada de forma incorreta;

• Mais agilidade para gerar e emitir documentos contábeis, o que mantém as finanças em dia;

• Mais facilidade para lidar com a burocracia governamental que rege as instituições religiosas;

• Menos riscos da sua instituição religiosa ser multada por não cumprimento de obrigações acessórias;

• Menos riscos da sua instituição religiosa fazer registros incorretos e assim ser acusada de desvios;

• Menos riscos dos líderes eclesiásticos receberem punição pesada devido a registros incorretos;

• Assinatura de um contador responsável pelas contas da igreja.

Enfim, ao contar com o apoio de um escritório de contabilidade, você líder religioso(a) poderá dormir mais tranquilo(a), com a certeza de que os registros e emissões das contas da sua instituição estão sendo feitos adequadamente, tal como rege a legislação brasileira.