Abertura de empresa na prática

É fácil fazer a abertura de empresas no Brasil?

O desafio de estar à frente da sua própria empresa é um passo e tanto na sua empreitada pelo universo corporativo, não é mesmo?

Fora toda dinâmica que envolve sua estratégia de penetração no mercado, a escolha do segmento em que irá atuar e da localização geográfica onde irá se instalar, tomando as medidas apropriadas para que a prefeitura libere a atividade no local, é preciso pensar também na forma correta de realizar a abertura de empresas perante os órgãos reguladores nacionais e estaduais.

Para isso, somente um bom conhecimento sobre como funciona a abertura de empresas no Brasil pode te ajudar.

Por isso, preparamos este conteúdo didático e fácil de se entender com as principais coisas que você precisa saber sobre como abrir sua empresa.

Ah, e se precisar de ajuda para entender melhor, já sabe: a Segura Contabilidade faz o passo a passo dessa jornada para você – fale com a gente.

 

Vamos começar? Veja o que é preciso para fazer a abertura de empresas

Bem, para abrir uma empresa você precisa, em primeiro lugar, saber que antes de ter seu CNPJ emitido pela Receita Federal é preciso formalizá-la também perante a Junta Comercial do seu estado, a prefeitura de sua cidade, dentre outros locais específicos, dependendo de sua atuação.

Dentro deste procedimento padrão, para o qual é necessário contar com o suporte de um contador, existem algumas etapas básicas que vão definir o porte de sua empresa diante do mercado em que você pretende atuar, os tipos de impostos que ela deverá recolher perante cada órgão e ainda o enquadramento de seu perfil corporativo.

Lembrete: Não se preocupe em abrir uma corporação logo de cara imaginando que no futuro você gostaria de ampliar os negócios. Dê um passo de cada vez e guarde recursos para investir na hora certa. A legislação permite que você vá ampliando gradualmente sua empresa de acordo com o aumento de variáveis como faturamento, número de empregados e daí por diante.